Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos

Olhando tuas fotografias meu coração sorria

No universo de pura energia só a tua existia

Fotos de um mundo tão distante

me transforma num instante

tanto sentimento em um ínfimo momento

e neste infinito tempo, são meu único alento

Imagens de um sonho a realizar

de um desejo a saciar

Mas imagens sem amor nada são

Continuo batuque do coração

Que sem amor segue o ritmo mantem a vida

Mas com amor bate notas afinadas

Uma infinita sinfonia, nova vida é iniciada

A cada imagens na mente registrada

Uma nova emoção é acrescentada

Sentimentos dançam um baile de salão

É só festa em meu coração

ó terra adorada de beleza sem par,

em teus seios quero repousar

até a hora que migrar

 e em outra dimensão entrar

Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 10/05/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links