Textos


Flor de Iris
Se a Iris murchou não foi porque o amor acabou
É a neve maldita que se alegra desfazendo o amor
É a dualidade frio calor que faz a vida ter mais sabor
Em sucessivas alternâncias a essência se purifica
Assim é o amor pura essência de amor
Que more a cada dia e renasce ao amanhecer
Como o sol e a lua que se amam sem se ver
Mas um dia o universo faz o amor acontecer
Basta aguardar o eclipse chegar
Nosso amor é como a Iris
Que espera a neve passar
Para sempre mais linda brotar
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 22/06/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários