Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Lamento
 
Diariamente te alimento
como o vento primaveril
de forma constante e sutil
versos do meu sentimento
Se não consigo te despertar
é porque não mereces meu amor
pois minha forma de amar
é alegre, livre e leve que flutua no ar
forte e presente como a energia  de viver
se não consegues perceber meu imenso querer
Não posso aterrissar meu amor é do ar
e te espera para voar...  
tudo o que me resta fazer
é lamentar
Quem quer amor precisa acordar
Amar é se entregar, trocar e tocar
Quando, lá do alto, migalhas eu jogar
no rastro que se formar
vais lembrar...
que um dia implorei por te amar
 

 
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 23/08/2013
Alterado em 18/06/2019
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários