Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Gargalhada Divina
 
Para abrandar o meu amor
Recorri ao nosso Senhor
Ocupado procurei o secretariado
Fui no das causas impossíveis
Santo Expedito não resolveu
Mandou procurar um Santo atual
Busquei um recém-canonizado
Sem qualquer resultado
Procurei no espiritismo uma luz
Busque no seu interior
A força para superar
Espírito não pode ajudar
Este é um carma a superar
Tanto fiz que um anjo me socorreu
Disse que por mérito meu
Com Deus poderia falar
Comecei logo a me queixar
Cadê o livre arbítrio Senhor Deus
Quero me  livrar de tanto amor...
O Onipotente, onipresente Senhor
Gargalhou com prazer
Para depois de dizer
Livre arbítrio é consciente
Este teu amor é inconsciente, imortal
Experiência sem igual que tens que vivenciar
Como ousas meu presente rejeitar
Calei-me humildemente
E parei de me queixar
Até que o infinito permita
Vou te amar.
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 14/07/2013
Alterado em 07/06/2014
Comentários