Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Revisitando o Céu.

Algumas das melhores coisas da vida acontecem inesperadamente, sempre dizia seu Pretérito, o humilde e trabalhado pai de Rodolfo.  E assim foi. Inesperadamente o que Rodolfo mais desejava já estava acontecendo... Lá estava ele retomando a Conversa com o Anjo. Havia se preparado para muitos questionamentos, construiu uma lista de perguntas imensa, mas esta havia ficado entre a Bíblia, a qual servia de marcador de páginas.
Foram longas horas de estudo e oração e muita, mas muita penitência mesmo, e claro algum flagelo físico. Tudo para demonstrar sua fé e dar-lhe confiança de que estava se entregando ao desígnio Divino. Portanto, sentia-se merecedor dessa conversa que estava prestes  a iniciar-se.  Na verdade, sentia-se até mesmo orgulhoso, mas preferiu interpretá-lo como um sentimento de satisfação, pois orgulho é pecado e isso seria abominável.
Tratou de simplificar as formalidades e foi logo ao assunto que o havia deixado perturbado na conversa anterior:
Eu estudei muito a Bíblia e não encontrei nenhuma evidência da possibilidade de reencarnação.
- Como não existe evidencias, diga-me o nome de um evangelista? – Disse o Anjo.
- O que tem a ver os evangelistas com o meu questionamento, não existe comprovação em parte alguma.
- Queria demonstra que existe essas evidências em toda a parte e iria citá-la em seu evangelista preferido.
- Por que você me perguntou  se sei quem  é Mateus?
- Para que não pense que são raras as citações, mas vejamos o que diz Mateus capitulo XVI, versículos 13 e 14; “Saiu Jesus para as aldeias de Cesareia de Felipe, e, no caminho, interrogou os discípulos dizendo: Que dizem os homens que eu sou?  E eles responderam: João Batistas, outros Elias, e outros Jeremias ou um dos profetas”.
- Mas isso não foi Jesus quem disse, era o que pensavam aos judeus.
Está  bem, já lhe dou outro exemplo, porém quero que perceba que já existia naquela época a clara idéia da reencarnação. No entanto, vamos a mais uma evidencia: Marcos Capitulo IX, versículos 11 a 13 “Porque dizem os escribas ser preciso que volte antes de  Elias? Jesus respondeu:  -É verdade que Elias há de vir e restabelecer todas as coisas, mas eu vos declaro que Elias já veio e eles não o reconheceram e o trataram como lhes aprouve. É assim que farão com o filho do homem. Então entenderam os discípulos que fora de João Batista que ele falara.” Também em Mateus...
- Ok. Não quero polemizar, vou estudar melhor essas e as demais passagens ...
- Um olhar mais atento, ficara evidente às inúmeras citações quanto à reencarnação, estou a sua disposição pra ajudá-lo.
- Mas se reencarnamos sucessivamente e a população mundial continua crescendo, de onde vem essas almas? Existe um estoque de almas.
- Aproximadamente trinta por cento das almas compatíveis com o seu planeta estão encarnadas, o restante aguarda uma oportunidade.
- Compatíveis?
- Exatamente, cada alma habita a orbe correspondente ao seu padrão vibratório. Espíritos com energia mais sutil, evoluídos moralmente, não combinam com a evolução atual do seu planeta. Muitos dos habitantes da terra, ao desencarnarem não retornaram à terra em nova encarnação por possuírem vibração incompatível. Os que elevaram sua vibração conhecerão novas moradas, mais sutis e prazerosas, os que não conseguiram se elevar , habitaram reinos mais primitivos e inóspitos. Aliás, muitas das almas terrenas, estão sendo compulsoriamente convidadas a deixar o planeta.
- Convidadas a deixar o Planeta? Você quer dizer que vão morrer?
- Grosseiramente podemos dizer que sim. As almas que insistentemente seguem o caminho da escuridão são retiradas para não prejudicar o processo de evolução planetária.
- Evolução Planetária? Como se estamos devastando a terra cada vez mais?
- É verdade, o desrespeito com o plante Terra é um absurdo, mesmo diante de muitos acontecimentos reativos, poucos despertaram para a conservação e preservação. Uma infinidade de espécies habitam a terra, mas o homem sequer respeita a si mesmo. Portanto, está chegando o momento em que uma nova terra irá surgir, trata-se de um processo evolutivo natural.
- Você está falando do fim do mundo, o Apocalipse?
- Prefiro transição planetária, evolução natural.
- Ainda não tenho clara essa questão das “novas moradas”.  Quer dizer que existem Ets? Seres inteligentes como os humanos?
- Não imaginava que o irmão tivesse dúvidas, afinal já teve a oportunidade de conhecer um pouco da dimensão da criação e continua imaginando que seria o único privilegiado?  Existem infinitas formas de vida, em níveis superiores e inferiores, a espécie humana é uma etapa da evolução.
- Quer dizer que existem os OVNIs? Eu sempre desconfiei que fosse verdade.
O Anjo estava querendo tornara a conversa mais produtiva, mas por respeitar o livre arbítrio do seu interlocutor, resolve simplificar as respostas.
- É, existem.
- De onde eles vêm? Posso conhecê-los?
-As modas Divinas são muitas. Encontros  da forma convencional,  como os realizados entre humanos, não lhe é permitido conhecer, ainda, segue por caminhos específicos, os quais não posso revelar. Uma vez que a humanidade, de modo geral,  não está preparada  para tais revelações .
- Mas eu estou preparado, sou um estudioso nesta matéria, não revelarei a mais ninguém.
- Não tenho permissão pra lhe revelar esta informação.
- Caro, Anjo, lhe garanto que esse será um segredo que carregarei comigo, revele-me tal conhecimento.
- Não posso fazê-lo, pois cumpro as leis divinas.
- Por acaso, considera que não tenho capacidade para compreender? Eu não sou burro.
- Caro irmão, não se trata disso, tenho respeito por todas as formas de vida. Não sou digno de julgar sua capacidade intelectual. Não possuo tal autorização.
- Eu não sou uma simples forma de vida, sou um ser humana com elevado grau de conhecimento, estudei nas melhores universidades e sou....
- Me desculpe irmão, não esperava que pudesse ofendê-lo, o que eu disse é que respeito todos, justamente por sermos todos um. Eu respeito todas as formas de vida.  Além do mais, títulos são apenas condecorações transitória que os humanos criaram para alimenta o ego, o importante é a elevação moral que é permanente.
- Eu tenho moral. Jamais pensei que seria insultado por um Anjo, estou decepcionado.
 - Não estou insultando e peço humildemente que me perdoe por não conseguir fazer entender-me. Não faço julgamento, avalio ou subestimo ninguém, pois não sou digno de fazê-lo, apenas cumpro e auxilio no cumprimento das leis divinas.
- Isso parece, conversa de Político....
Rodolfo nem terminou de falar e o Anjo cortou a comunicação mental. Apesar de toda a divindade do Anjo, dos amplos e quase infinitos limites de compreensão, tolerância e sabedoria, era impossível tolerar uma comparação com um político.
De volta às atividades terrenas, Rodolfo voltou ao convento. Por muitos e muitos anos,  lamentou ter desperdiçado o tempo com futilidades. Porém ,o que ele mais temia, era a intolerância e o destempero com o Anjo. Oportunidade que jamais reapareceu.
- Passaram-se os anos e finalmente foi bater a porta de São Pedro. Não conseguiu entrar, insistiu argumentou, apresentou seu currículo  detalhando cada sacrifício, cada penitência, cada oração, e nada. Meses depois,  percebeu que tudo era  ilusão. São Pedro não existia na forma como ele imaginava. Na verdade, estava diante do fruto de sua própria criação mental. O céu não era um grupo de anjos e pessoas felizes flutuando nas nuvens e tocando harpa. O consolo é que o inferno também não era um caldeirão, um braseiro, uma fornalha na qual iria ser queimado.
Um sopro de consciência tornou tudo claro. Percebeu que havia desperdiçado uma vida inteira, uma grande oportunidade jogada fora. Estava cada vez mais nítido, tudo era regido pelo merecimento. A regra é muito simples: amor e caridade.  O céu e o inferno era o que ele carregava em seu coração. Uma nova consciência aflorou, mais desperta, um pouco mais iluminada, sorriu ao perceber a bondade divina em permitir sempre um novo recomeço.


veja também a primeira parte em Visitando o Céu
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 20/03/2012
Alterado em 05/04/2012
Comentários
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links