Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos



Deixe-me te Amar!

Quando te vejo, deliro por um beijo,

Como um rato és meu queijo;

Como um fantasma a vagar,

Sonho em seu leito repousar;

Um delírio real que só me faz mal;

Um desejo impossível de realizar;

Um amor que me faz chorar;

Uma loucura pura;

Um amor verdadeiro,

Que te dedico o tempo inteiro;

Sem você, vivo a chorar.

Não sei mais o que fazer,

Para provar o meu

Imenso querer.

Deixe-me te Amar! 
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 26/05/2009
Alterado em 26/05/2009
Comentários
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links