Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Contigo Viver
 
A lua prateada e nua
Lembra a ausência tua
Cheia ou minguante
Sempre bela, mas distante.
Lua, inspiração dos amantes
De transformações constantes
Seja nova ou crescente
Desenha na minha mente
O retrato do amor ausente.
 
Lua que só traz lembranças tuas
Que, como na lenda do lobisomem,
Me transforma em metade tua
Perturbado, vivo a vagar pelas ruas,
Contaminado do desejo
De sentir teu beijo,
Das metades juntar
E ao nos reunificar
Para sempre te amar.
 
Cobertos de estrelas
A luz do luar...
E contigo viver
Viver, viver...

Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 09/03/2009
Alterado em 11/03/2009
Comentários
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links