Jair A. Pauletto
O Singular do Plural
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
O amor tudo pode transformar
 
Acorda minha amada,
Desta noite de amor.
Venha ver a alvorada
E todo o seu esplendor
O sol com seu calor
Trazendo luz e cor
Extensão do nosso amor.
 
A margarida, flor mais sofrida,
Deu um fim na tristeza e
Transborda beleza
Estampando um sorriso largo
De brancas pétalas cercado
É como um “smiles” envergonhado,
De véu e grinalda, convidando
Pra casar.
 
As rosas madrinhas,
Assanhadas, querem participar.
Convidam para festejar
Todo o jardim em flor,
Exaltando nosso amor,
Dançando no frescor
Da brisa a soprar,
Que vem se juntar
Como se a embalar
Uma criança a ninar.
 
A passarada toda animada,
Canta de alegria e anuncia
Que neste lindo dia
Toda a magia do amor
Ainda depositada no calor
Do seu corpo na cama a rolar
Vai se espalhar e ao mundo
Anunciar
Que o amor tudo pode transformar.
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 25/02/2009
Alterado em 14/03/2016
Comentários
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links