Textos



Quando te vejo estremeço
Lembro que me declarei
Me ofereci de corpo e alma
Todo o meu amor te ofertei
Mas você não estava pronta
A festa pode estar para acabar
E você ainda estará se aprontando
E meu tolo amor
Continua esperando.
Acorde, só se vive no presente
Espera não e viver
Na festa do amor não precisa se arrumar
é chegar e aproveitar
não fique vendo a vida passar
 aprenda a festejar, agora!

 
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 26/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários