Textos

Conspiração
 
Navegando verdes mares
sob céu de brigadeiro
Um temporal ligeiro
resolveu se agigantar
Juntou podres magoas
com infelizes águas
 que custam a passar
Muita sujeira para se lavar...
O barco ameaçou afundar
não há porque lamentar
e da natureza  conspirar
Vai-se o barco e a dignidade...
que o tempo resgatará
pois o amor é realidade
E a passageira tempestade
na infelicidade viverá.
Jair A Pauletto
Enviado por Jair A Pauletto em 08/09/2013
Alterado em 08/05/2019
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários